O HOTEL

O PALÁCIO

Interiores de época cuidados em todos os detalhes acolhem e envolvem os Hóspedes. Salas e salões se alternam, abrindo-se um atrás do outros, a maior deles com grandes janelas que dão sobre o lago, como se fosse por acaso...

Coisas que acontecem somente em um grande hotel que nasceu durante a Belle Époque. É inútil surpreender-se. 

SALA DE MÚSICA

É a sala situada ao lado do T Bar...

É tão aconchegante e colorida que nas noites mais frescas é natural saborear uma bebida sentados sobre os vivazes sofás que a mobilam. Um jogo de cores fúcsia, lima e violeta: uma decoração arrojada e cativante, um toque de modernidade em um são de expressa o fascínio além do tempo do Lago de Como em todos os seus detalhes.

Basta só olhar as sedas de época nas paredes: grandes desenhos a mão dos lenços históricos da casa de seda Ratti, a mais antiga e exclusiva do território Italiano Por aqui, a beleza está por toda parte...

SALA RAINHA

É grande, é majestosa... A Sala Rainha é o espaço onde a cada manhã é servido o café-da-manhã em buffet, e comunica diretamente com o grande terraço do restaurante. Se necessário, transforma-se em uma sala para recepções capaz de receber até 150 pessoas.

Um salão esplêndido: móveis de época, decorações com nuances azul e ouro... E acima de tudo, grandes e altíssimas janelas que servem como molduras dos dois lados. Régia de verdade.

SALA CONDESSA

A fascinante ex-sala de jantar que uma época era usada para jantares invernais hoje é o espaço perfeito para jantares pequenos e recebimentos particulares. É íntima e elegante, e é capaz de jogar com linhos e velas, para se vestir de nuances suaves e criar a atmosfera que faz de um almoço um momento inesquecível.

Deve ser o teto em caixotões, deve ser a lareira, o ruído da prataria e dos cristais... Com certeza devem ser as grandes janelas que dão para o lago. Um panorama incomparável, uma magia absolutamente de outros tempos.

SALA DE BILHAR

Completamente vermelha, discreta e recolhida mas embelezada por toques preciosos e maravilhosas peças de época, esta sala possui uma mesa de bilhar de 1800, que continua a seduzir obstinadamente qualquer um que passe por perto...

Assim se torna natural pegar um taco e tentar jogada enquanto as bolas realizam trajetórias sofisticadas sobre o pano escarlate. Aristocrático, indiferente, paira fatalmente transgressivo...Um azar, uma citação. Pura diversão.

 

SALA DE LEITURA

Será que poderia faltar a sala de leitura em um hotel de época onde ficaram hospedados os viajadores do grand tour? Cem anos atrás os hóspedes acham nessa sala Le Figaro, The Times, La Prensa, L’Illustration Française… (um luxo extraordinário para aquela época).

Hoje, ao serviço dos viajadores do século 21, há uma lan house e, como naquela época, os jornais internacionais, todo dia, em tempo real. A pequena biblioteca se enriquece a cada ano com livros estrangeiros deixados como presente pelos Hóspedes. Uma prateleira é dedicada inteiramente aos livros sobre os jardins: uma homenagem à paixão que este hotel tem pelo verde e pela botânica, como as milhares de flores e as plantas do parque atestam.